Profissão Repórter 13/12/2017

Profissão Repórter aborda a vida sexual na terceira idade.
Segundo o Ministério da Saúde, o número pessoas com mais de 65 anos contaminadas pelo vírus HIV no Brasil aumentou 103% nos últimos 10 anos.
O repórter Erik von Poser pergunta a um grupo de idosos reunido para um baile matinê: “muita gente acha que depois de uma certa idade acaba o prazer, acabam as relações sexuais. Isso é verdade?” A resposta: “é ruim, hein!” e logo em seguida uma longa gargalhada. Erik esteve com os idosos que frequentam os bailes do parque da Água Branca, na Zona Oeste de São Paulo. Eles contaram como se divertem, namoram, se usam ou não camisinha.
Na Estação da Luz, centro de São Paulo, é grande o número de prostitutas e clientes da terceira idade. Muitos deles se conhecem há décadas. A repórter Eliane Scardovelli conversou sobre a prevenção de doenças sexualmente transmissíveis. A maioria não tem o hábito de usar preservativo. Um dos clientes chega a gastar por mês R$ 800 dos R$ 2 mil que recebe de aposentadoria. Segundo dados do Ministério da Saúde, o número pessoas com mais de 65 anos contaminadas pelo vírus HIV no Brasil aumentou 103% nos últimos 10 anos. As repórteres Mayara Teixeira e Monique Evelle estiveram em Ribeirão Preto, interior de São Paulo, onde há cinco locais de atendimento aos portadores do vírus HIV. Atualmente, 120 idosos estão em tratamento no posto de saúde da Zona Norte da cidade.
“É uma população que não foi treinada a usar o preservativo. A gente sabe que na época deles não havia esse hábito de usar preservativo. E muitas vezes a gente esquece que essa é uma população sexualmente ativa”, relata Mariana Coelho, coordenadora do programa de DST/Aids do distrito norte de Ribeirão Preto.
saiba mais sobre Profissão Repórter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *