Ribeirão do Tempo 21/03/2017 Capítulo 12

Surpreso após descobrir que Tião é uma menina, Guilherme a observa tomar banho no rio. Érico comunica a Nicolau que o destituiu dos cargos que ocupava nas empresas da família. Nicolau diz ao pai que vai pedir desculpas a Ari Jumento para que a ideia de sua destituição e renúncia seja esquecida. Érico afirma que ele pode voltar a ocupar os cargos de diretor nas empresas, mas precisa renunciar à suplência de senador. Nicolau fica furioso e avisa ao pai que ele perdeu uma oportunidade de acordo. Ajuricaba não gosta de saber que Lincon veio acompanhando Flores à delegacia. Romeu conta a Querêncio que a polícia duvidou de sua história. Ari experimenta um paletó novo. Ajuricaba recepciona Flores e afirma que como Lincon não é seu advogado não poderá estar presente em seu depoimento. Larissa, meia irmã de Beatriz, chega à fazenda de Érico. Beatriz apresenta Larissa a Lílian e conta à irmã que a jovem é amante de Nicolau. Flores, em depoimento, afirma ao delegado que a única hipótese sobre a morte de Dirce é a de que ela foi vítima de um crime político, alegando que alguém que queria atingi-lo resolveu matar sua mulher. Joca substitui a fita do gravador que instalou no quadro de telefones. Arminda sugere a Bruno que os responsáveis pelos atrasos da obra sejam demitidos. Karina recebe flores de Tito. Diana observa paraquedistas saindo do avião. Guilherme mente a Carlos que não conseguiu descobrir o segredo de Tião. Joca manda Léia ouvir a fita e anotar tudo o que for suspeito. Flores conta a Lincon que em seu depoimento inverteu a situação, porque fez perguntas e não respondeu as que foram feitas a ele. Impaciente, Sônia aguarda André no Agito Colonial. Os dois começam a discutir por causa dos pais, mas se dão conta de que precisam fazer o trabalho e se concentram. André elogia Sônia, que fica desconcertada. Os olhares dos dois se cruzam, mas logo eles desviam, com vergonha. Querêncio mostra o quadro que pintou a Ari. Ari paga Querêncio e o agradece. Querêncio vai ao Já Era, fala pra Alfredo que vai pagar o que está devendo e diz a todos que estão no botequim que hoje a bebida é por sua conta. Querêncio conta o que aconteceu com Romeu e pede pra ninguém comentar o caso. Joca pede para Léia ir à casa de Sancha para descobrir sobre o sequestro de Romeu. Romeu pergunta a Léia como o povo ficou sabendo de sua história. Sônia e André não terminam o trabalho e acabam discutindo. Lincon manda Carmem apurar o caso de Romeu. Célia aconselha Karina a se arrumar e ir à recepção sem Tito. Arminda se lembra do dia em que Joca caiu em seu banheiro. Arminda, Teixeira e Eleonora, muito elegantes, aguardam os convidados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *