Ribeirão do Tempo 29/03/2017 Capítulo 18

Lincon manda o diagramador abrir espaço para duas fotos na primeira página. Sílvio e Ellen dizem que acham Diana/Tião estranho. Guilherme pede para Diana tirar o boné para ele ver como ela é de verdade. Carmem fotografa Ari saindo da delegacia. Ajuricaba tenta pegar a câmera de Carmem, mas ela consegue escapar. Léia conta a Joca que Arminda queria demitir funcionários da equipe de Bruno, mas não conseguiu. Querêncio está muito nervoso, porque já é tarde e Filomena não chegou em casa. Filomena chega toda feliz e o tranquiliza. Diana sai sem se despedir de Guilherme, que ainda dorme. Bill surge diante de Diana, que leva um susto. Ela dá uma ameixa para ele e corre para sua barraca. Karina fala para Célia que teve um sonho ruim com Tito e que ele não lhe telefonou. A patricinha pede para a mãe ficar na loja, porque ela precisa resolver assuntos pessoais. Ajuricaba fica furioso ao ler a manchete do jornal de Lincon. Ari mostra ao senador Érico a foto dele ao lado de Ajuricaba estampada no jornal. Érico comenta com o prefeito que dá para ver nitidamente que ele estava com a cueca cheia de dinheiro. O senador afirma que os bandidos tem um objetivo político. Clorís e Karina se cumprimentam e disfarçam a antipatia. Clorís pergunta a Karina se a conversa dela e de Tito na noite da tempestade foi produtiva. Karina fica intrigada. Karina abraça e beija Tito mesmo assim. Filomena conta a Carmem sobre o que aconteceu entre ela e Tito. Ari fala ao senador Érico que vai juntar o pessoal assim que chegar à prefeitura. Flores recebe uma ligação misteriosa e combina um encontro. Karina pergunta para Tito onde ele foi na noite anterior. Nicolau encontra Flores no meio de uma floresta e confessa ao professor que decidiu matar o pai, o senador Érico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *